• 1
  • 2
  • 3

Boletim Eletrônico - SAESP

Tempo, tempo, tempo. No mundo competitivo de hoje, essa é a maior riqueza que alguém pode ter. Como conciliar o trabalho com a vida pessoal? Como ser um bom profissional sem se tornar um workaholic?

É aí que entra uma das vilãs do tempo: reunião, reunião, reunião. Esta palavra assusta, mas você já parou para pensar por que? Aprender a se reunir, isso é possível?

"Sim, existem regras básicas para torná-las objetivas e produtivas. Escolher a pauta é importante, mas é só o começo", diz Márcia Rizzi, professora da Integração Escola de Negócios.

Entre essas regras, Márcia enumera:

 

  • Escolha um secretário para funcionar como o condutor do encontro. E que também fique responsável pelo cumprimento do horário estabelecido
  • Monólogos não são bem-vindos. Todas as pessoas devem expor suas ideias
  • Mantenha o foco no tema principal
  • Evite conversas paralelas
  • Desligue celulares
  • Só termine com alguma decisão concreta
  • Faça a ata de tudo o que foi discutido, assim fica mais fácil programar os próximos passos.

 

"Reuniões são necessárias. O saber não está com uma só pessoa", finaliza Márcia. E então, pronto para a próxima reunião?

*Texto de: Márcia Rizzi, professora da Integração Escola Negócios, onde ministra os cursos de Reuniões Eficazes e In Company e turmas regulares.