• 1
  • 2
  • 3

Boletim Eletrônico - SAESP

Uma em cada quatro crianças do primeiro grau tem problemas visuais;

Problemas não detectados podem afetar o seu aprendizado;

Televisão, Vídeo Games e Computadores acabam prejudicando a vista das crianças.

 
FONTE: VISION COUNCIL OF AMERICA ( CONSELHO AMERICANO DA VISÃO)

80% das crianças nascem com deficiência visual para perto (hipermetropia),

5% com deficiência para longe (miopia),

15% sem deficiência visual (emetropia),

2% com deficiência nos eixos visuais (estrabismo)

 
A hipermetropia decresce gradualmente até os 19 ou 20 anos de idade, podendo até acabar, enquanto a miopia aumenta gradativamente até os 25 anos de idade.
 
O estrabismo é a falta de paralelismo nos eixos visuais. Seu reconhecimento deve ser o mais precoce possível, a fim de assegurar o desenvolvimento da melhor acuidade visual possível e um bom resultado estético e funcional.
 
O período da idade de ensino fundamental é o que exige maior atenção quanto a identificação de alguma deficiência visual. Segundo a ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PRODUTOS E EQUIPAMENTOS ÓPTICOS (ABIOPTICA) , dos 2,8 milhões de crianças matriculadas no primeiro ano do ensino fundamental em 1.996, 7% necessitavam de algum tipo de correção visual. Dos 25% de alunos repetentes no pais, 82% apresentam algum tipo de problema visual.
 
Por: Pensylvania Noemia de Paiva Santos
 
Pupila Lentes