• 1
  • 2
  • 3

Boletim Eletrônico - SAESP

Durante o ano de 2013 algumas pessoas perceberão que a vida só faz sentido quando a gente se permite a vivenciá-la num todo, de forma simples e natural, ou seja, aprendendo, saboreando e tirando o melhor de cada detalhe do nosso dia a dia, no sentido de reconhecer, valorizar e potencializar a essência de cada relação humana, dentro e fora de casa, envolvendo-se com questões que verdadeiramente valem a pena, pois o saber filtrar as experiências e o que realmente merece a atenção é fundamental para evitarmos criar "fantasmas e culpas que nos perseguem", ainda mais se os alimentarmos com as nossas neuras e paranóias.

Teremos um novo ano de oportunidades, desde que consigamos ampliar os nossos horizontes, as nossas percepções, sensibilidade e visão de um todo contextualizado, pois nada acontece por acaso, já que existe uma (in) constante transformação em toda e qualquer pessoa humana, que nunca estará completa e acabada, e é justamente nesse ponto que podemos reconhecer e valorizar a possibilidade de melhorarmos sempre, de evoluirmos como pessoas e até mesmo como profissionais responsáveis e atuantes por um mundo melhor, numa perspectiva de agregarmos valor aos esforços de compreensão e de entendimento harmonioso entre as pessoas e os grupos humanos.
 
Ainda em 2013 teremos a chance de fazermos a verdadeira diferença, desde que nos mantivermos longe das demagogias e hipocrisias, dos modismos, das falas e dos discursos prontos, superficiais e vazios, dos equipamentos e recursos alienantes, que vão distanciando as pessoas de um abraço franco, apertado e gostoso, de um sorriso sincero, um acolhimento verdadeiro repleto de gentilezas e atenção capazes de nos percebermos ainda mais "gente" em todos os sentidos, pois só assim o ato de vivenciar a vida mostrar-se-á consistente e amplo, dentro de um bem querer maior e significativo.
 
Por: Marcos D. de Paula é Psicanalista.
Coord. de Grupos de Estudo/Pesquisa em Mediação de Conflitos & Cultura de Paz
Participante da Associação VER - Voluntariado
Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Skype: markos07