• 1
  • 2
  • 3

Boletim Eletrônico - SAESP

Brasília, 12 de setembro de 2011 – Analisar cenários e identificar tendências para a profissão do Administrador no país. Esses são os objetivos da “Pesquisa Nacional sobre o Perfil, Formação, Atuação e Oportunidades de Trabalho do Administrador 2011”. A pesquisa, realizada pelo Conselho Federal de Administração (CFA), está em sua quinta edição. O trabalho ficará a cargo da Fundação Instituto de Administração (FIA) e terá início hoje.

Por meio da pesquisa, será feito diagnóstico da situação existente. As fases qualitativas da pesquisa já aconteceram. Na primeira etapa, foi feito um levantamento de dados. Na sequência, foram realizadas entrevistas em profundidade com as empresas BR Distribuidora, Ford, Wall Mart, Tam, Sebrae Nacional e a Thomas Case.

Também foram realizadas reuniões em grupo com cinco Conselhos Regionais de Administração (CRAs). Nestas fases, Administradores, professores e coordenadores do curso de administração e empresário participaram de discussões sobre o mercado, o ensino, e compartilham experiências.

A fase quantitativa é aberta para Administradores, coordenadores e professores do curso de Administração e empresários. A participação é gratuita, rápida e fácil: basta acessar o site do CFA (www.cfa.org.br) e preencher o questionário da pesquisa.

“A pesquisa vai atender os Administradores. Além disso, vai buscar informações sobre o ensino da Administração, vai antecipar tendências, entre outros”, disse o presidente do CFA, Adm. Sebastião Luiz de Mello, lembrando que a participação de todos é muito importante. “Todos ganham ao responder a pesquisa, pois ela vai traçar um raio X da profissão, além de aprimorar dados com relação ao perfil, formação, atuação e oportunidades de trabalho do Administrador”, ressaltou.

O questionário da pesquisa estará disponível até o dia 30 de outubro. Após isso, os dados serão analisados e o resultado final da pesquisa está previsto para ser divulgado em dezembro.

Outras edições - A última edição da pesquisa foi realizada em 2006. Naquele ano, o trabalho identificou que o profissional de Administração, em sua maioria, é do sexo masculino, com idade entre 23 e 30 anos, possui renda mensal de cinco a 10 salários mínimos, apresenta o inglês como segunda língua e conta com pelo menos uma especialização (MBA) em seu currículo. Além disso, 25% dos profissionais que ingressam no curso de bacharelado em Administração procuram uma atuação empreendedora no mercado, seja para abrir uma empresa, ampliar o seu negócio ou aprimoramento da carreira.

A pesquisa foi realizada em todos os estados, representados pelos 27 Conselhos Regionais de Administração (CRAs). No total, o CFA recebeu 10.552 respostas, das quais 9.178 de Administradores, 447 de empregadores e 927 de professores. Para a elaboração dos questionários, foram realizadas longas entrevistas com a diretoria de sete grandes organizações de diferentes setores.

Sobre o CFA – O Conselho Federal de Administração é um órgão normativo, consultivo, orientador e disciplinador do exercício da profissão de Administrador, sediado na capital federal, responsável por controlar e fiscalizar as atividades financeiras e administrativas do Sistema CFA/CRAs. Este, que tem como missão promover a difusão da Ciência da Administração e a valorização da profissão do Administrador visando a defesa da Sociedade, é integrado pelo CFA e pelos 27 Conselhos Regionais de Administração – CRAs, sediados em todos os Estados da Federação.

ASSESSORIA DE IMPRENSA – CONSELHO FEDERAL DE ADMINISTRAÇÃO (CFA)
Proativa Comunicação
Contatos: Ana Graciele Gonçalves (9331-8153)
Tel.: (61) 3218-1825
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. / Twitter: @cfa_adm